Grande Otelo

Grande Otelo
Tela feita pelo grafiteiro CRÂNIO, em apoio à campanha.

Apoio de várias celebridades

Apoio de várias celebridades
Hebe Camargo num lambeselinho em Grande Otelo, mascote da campanha.

quarta-feira, 28 de março de 2018

Campanha Diga Não à Leishmaniose inicia eventos de conscientização


Diga não a Leishmaniose” continua com o alerta para a importância da prevenção em encontros em São Paulo e ABC

Aconteceu neste último sábado o início dos "encãotros" da campanha, Lojas Petz Aricanduva  e Golden Square Shopping, localizado no  ABC. Encontros de cães de raças específicas, para conscientizar e prevenir sobre a leishmaniose.

Hebe Camargo (em 2011), Daniela Albuquerque e Flavia Noronha já foram fotografadas para a Campanha Diga Não à Leishmaniose

Diversos artistas já se uniram em prol da campanha Diga Não à Leishmaniose e posaram com seus cães encoleirados para as lentes do renomado fotógrafo internacional de pets, Lionel Falcon. As primeiras celebridades fotografadas foram Daniele Albuquerque e Flávia Noronha, modelos e apresentadoras de televisão; e a consagrada apresentadora, Hebe Camargo, falecida em 2012.
Hebe-45-baixa.jpg
Hebe Camargo (2011) e seu cão, Fendi super apoiou a campanha e seu propósito.

campanha tem como objetivo conscientizar a população sobre a leishmaniose visceral, grave doença de saúde pública por se tratar de uma zoonose de alta letalidade. A doença é transmitida tanto aos cães quanto aos humanos por meio da picada de um inseto conhecido popularmente como “mosquito palha”.

A coordenadora e idealizadora do projeto, amiga que foi assessora de Clodovil Hernandes, falecido em 2009, Marli Pó, iniciou a campanha  após ver o sofrimento do estilista quando seus cães foram infectados pela doença em Ubatuba, em 2004. O único que se salvou, na época, foi o Grande Otelo, símbolo da campanha. “Desde que presenciei o que Clodovil passou, na espera de um resultado de exame de sangue do Grande Otelo, comecei a pesquisar sobre a doença e pude constatar que muitas pessoas estavam morrendo e vários cães sendo eutanasiados. De lá pra cá, os índices da doença no Brasil aumentaram consideravelmente. Sempre fui adepta a causa da leishmaniose e lutei pela conscientização e prevenção dos cães e da população”, ressalta. Grande Otelo faleceu em 2014 e hoje Marli tem um pug adotado de nome OZZY,  ele tem leishmaniose, foi resgatado por abandono devido a doença,  e está sendo monitorado e tratado, já que em 2016 o tratamento com medicamento para cães foi legalizado no Brasil.

Daniela-26-baixa.jpg
Daniela Albuquerque e Smart no colo com 3 pastores, Lobo, Mila e Chico em 2011

Marli iniciou a campanha em 2005 e continua com o projeto contando com o apoio dos artistas, autoridades e políticos. “A participação de celebridades é fundamental para chamar a atenção do público. Ao verem seus ídolos em fotos com os cães, buscarão mais informações sobre essa terrível doença”, garante.

Flavia-40-baixa.jpg
Flávia Noronha e seu cão, Frederico em 2011

Cães e humanos são vítimas dessa terrível doença

- A leishmaniose visceral é uma doença fatal para os cães.
- É a SEGUNDA doença que mais mata humanos no mundo;
- 90 % dos casos sem tratamento vão a óbito;
- Cerca de 3.800 novos casos são diagnosticados todos os anos no Brasil.
- A doença é transmitida pela fêmea do inseto. Ao picar cães e animais silvestres infectados ela
se infecta e, posteriormente, pica os humanos, transmitindo a doença.

Quando os cães adoecem apresentam principalmente os seguintes sintomas:
- Apatia;
- Lesões de pele;
- Queda de pelos, inicialmente ao redor dos olhos e nas orelhas;
- Emagrecimento;
- Crescimento anormal das unhas.

Os cães podem ficar infectados por vários anos sem apresentar sintomas clínicos. Estes cães são fontes de infecção para o inseto transmissor, e, portanto, um risco à saúde de todos. A única forma de detectar a infecção nestes animais é por meio de exames de laboratório específicos. A leishmaniose hoje pode ser tratada no Brasil, com um medicamento específico para cães e já legalizados pela ANVISA. Mas, o melhor remédio ainda é a PREVENÇÃO!!!

Ajude a combater a leishmaniose

- Não deixe seu cão solto nas ruas;
- Mantenha-o sempre com a coleira à base de deltametrina;
- Vacine com a vacina específica para a leishmaniose;
- Use somente repelentes específicos para esse mosquito;
- Mantenha o seu quintal limpo para evitar procriação do mosquito;
- Consulte e informe-se com um Médico Veterinário regularmente;

 Estivemos no final de semana

-  Dia 24/03/2018 às 15h na Loja Petz Aricanduva - SP - Encontro de Goldens;
-  Dia 25/03/2018 às 14h no Golden Square Shopping - SBC - Encontro de Pugs;

Encontro de Pugs em São Bernardo conscientiza sobre a leishmaniose


Cerca de 150 cães agitaram o encontro de pugs no Golden Square Shopping
Pets participaram de caminhada e desfile de moda no evento

2º Encontro de PugSão Bernardo do Campo, março de 2018 – Um excesso de fofura encantou quem passou pelos corredores do Golden Square Shopping na tarde do último domingo: cerca de 150 cães da raça pug esbanjaram beleza e simpatia no encontro realizado em parceria com o Grupo Pug Amigos de São Paulo.

Mais de 350 tutores levaram seus cães para o 2º Encontro de Pugs que teve como objetivo socializar os animais e trocar experiência entre os fãs da raça.  A coordenadora da campanha Diga Não à Leishmaniose – E Você, Também Vai Apoiar?, Marli Pó, ministrou uma palestra sobre a leishmaniose visceral canina e falou como combater a doença.

Os pugs e seus donos fizeram uma “cãominhada” dentro do shopping e ainda participaram de um “cãocurso”. Os pets desfilaram com roupinhas de estilos variados, como esportivos bonés e bandanas, jaqueta jeans, vestidos, conjuntinhos e até de fantasia de princesa e super-heróis. 

Os organizadores do encontro também arrecadaram 46 kg de ração que serão destinados a ajuda de cães resgatados e para um protetor independente. O evento contou com apoio da Royal Canin, ABC Moda Pet, Anita Bonita Artesanatos, Brigadeiro Brasil, Mrs Luana Chocolates Artesanais, Dog Clean, Labovet, MSD Saúde Animal e Pet Box Brasil.


Golden Square Shopping
Localizado em São Bernardo do Campo, o shopping está em uma região estratégica, de fácil acesso à rodovia Anchieta, 30 minutos da capital paulista e a uma hora do litoral sul. Muito mais do que um centro de compras completo, o Golden Square Shopping possui um mix de lojas diversificado, que contempla todos os gostos e estilos e oferece opções de lazer e entretenimento.
Em seus 31 mil m² de ABL (Área Bruta Locável), o centro de compras administrado pela Ancar Ivanhoe, uma das cinco maiores empreendedoras de shopping do País, conta com o serviço Pet Friendly, onde é permitida a entrada de animais e com 200 lojas com as melhores marcas do varejo nacional e internacional, restaurantes, eventos e a primeira unidade da Fórmula Academia do ABC. 
Ancar Ivanhoe
Pioneira no setor de shopping centers, a Ancar Ivanhoe é uma das líderes do mercado, com mais de 40 anos de atuação. Sua história teve início na década de 70, quando ingressou na indústria como uma das responsáveis pelo desenvolvimento do segundo shopping construído no Brasil: o Conjunto Nacional Brasília. Em 2006, associou-se à canadense Ivanhoe Cambridge, líder global de serviços imobiliários, e continuou sua trajetória em constante expansão. Após 10 anos dessa parceria de sucesso, a Ancar Ivanhoe tornou-se uma das cinco maiores empreendedoras e administradoras de shopping center do Brasil, presente nas cinco regiões do país, com 23 empreendimentos em seu portfólio, entre shoppings em operação e em desenvolvimento.  Para mais informações, acesse www.ancarivanhoe.com.br.

terça-feira, 20 de março de 2018


Encontro de cães da raça Golden Retriever na Loja Petz  Aricanduva

Cães e tutores são esperados no evento que terá muita diversão no play pet do local e palestra sobre leishmaniose


Muito brincalhões, este sábado promete ser especial para os cães da raça e seus convidados, no dia 24 de março, na Loja Petz, da Avenida Rio das Pedras, 2207, no Aricanduva. O dia promete ser de agito e diversão para os tutores e seus cães a partir 15 horas, no Espaço  Play Pet.
Tutores e seus animais são esperados para uma tarde de muita brincadeira. Parceiros do evento, a Grand Plus e a MSD estarão presentes e contará ainda com a distribuição de  amostras e sorteará brindes e cookies cedidos pela #cookiedogspetiscos
O encontro também é realizado juntamente com a campanha Diga Não à Leishmaniose e tem enfoque social para arrecadar ração para ajudar vários protetores independentes. Os 10 primeiros que doarem acima de 10 kg de ração, ganham uma caixa surpresa com vários brindes.
Além de trocar experiências entre si, os donos de pets poderão conhecer um pouco mais sobre a leishmaniose visceral canina com palestra da campanha Diga Não à Leishmaniose. “A leishmaniose é a segunda doença que mais mata no mundo e os cães são as maiores vítimas. Trabalhamos para combater essa doença silenciosa que atinge humanos e animais de estimação”, afirma Marli Pó, coordenadora da campanha, que há mais de 10 anos luta em prol da saúde da prevenção dos pets

Serviço
Evento: Encãotro Família Golden Petz 
Data: 24 de março (sábado)
Hora: das 15 às 18 horas
Local: Espaço Play Pet - Loja Petz Aricanduva – Avenida Rio das Pedras, 2207 , São Paulo
Link para cadastro - na página do evento no facebook
Entrada gratuita

Encontro do Pugs Amigos de São Paulo-ABC no Golden Square Shopping



Encontro de cães da raça pug no Golden Square Shopping

Cerca de 150 cães e tutores são esperados no evento que terá “cãominhada” dentro do shopping e palestra sobre leishmaniose


Considerada uma das raças mais brincalhonas e o pet do momento, o pug vai ganhar um evento exclusivo neste domingo, dia 25 de março, no Golden Square Shopping. O dia promete ser de agito e diversão para os tutores e seus cães no 2º Encontro de Pugs, a partir 15 horas, no Espaço Pet.
Cerca de 150 tutores e seus animais são esperados para uma “cãominhada” no centro de compras, considerado um dos principais espaços pet friendly em São Bernardo do Campo. Parceira do evento, a Royal Canin estará presente e contará com um veterinário para oferecer orientação nutricional especializada para cães da raça pug, e ainda distribuirá amostras e sorteará brindes exclusivos.
O encontro também é realizado juntamente com o Grupo Pug Amigos de São Paulo e tem enfoque social para arrecadar ração para ajudar resgatados. Os 40 primeiros participantes que doarem 1 kg de ração, ganham um chaveiro personalizado de pug.
Além de trocar experiências entre si, os donos de pets poderão conhecer um pouco mais sobre a leishmaniose visceral canina com palestra de Marli Pó, coordenadora da campanha Diga Não à Leishmaniose, às 14 horas. “A leishmaniose é a segunda doença que mais mata no mundo e os cães são as maiores vítimas. Trabalhamos para combater essa doença silenciosa que atinge humanos e animais de estimação”, afirma Marli Pó que há mais de 10 anos luta em prol da saúde dos pets.
Para deixar o momento ainda mais divertido, será realizado um “cãocurso” do pug mais estiloso. Por isso, capriche no look do seu pet e venha desfilar na passarela do Golden. Um macho e uma fêmea serão eleitos os mais estilosos do encontro e ganharão, cada um, um kit do ABC Moda Pet com roupinha, boné e um brinquedo de pelúcia.
Serviço
Evento: 2º Encontro de Pugs
Data: 25 de março (domingo)
Hora: das 14 às 18 horas
Local: Espaço Pet - Golden Square Shopping – Avenida Kennedy, 700/São Bernardo do Campo, São Paulo, Piso L1
Entrada gratuita

Testes rápidos de leishmaniose são realizados em policlínicas de Feira de Santana

Policlínicas da Rede Municipal de Feira de Santana realizam testes rápidos de leishmaniose.
Policlínicas da Rede Municipal de Feira de Santana realizam testes rápidos de leishmaniose.
As policlínicas da Rede Municipal de Saúde de Feira de Santana estarão abastecidas a partir desta sexta-feira (16/03/2018), para a realização de testes rápidos de leishmaniose. A informação é da referência técnica, Thaís Peixoto.
Para uma melhor assistência à população, os técnicos de laboratório das sete policlínicas e da Unidade de Pronto Atendimento da Mangabeira, juntamente com os profissionais do Hospital Estadual da Criança e do Hospital Geral Clériston Andrade participaram de um treinamento nesta quinta-feira, 15, para o manuseamento dos testes.
Seguridade do teste é de 99,9%
“Os testes servirão como uma triagem e em caso de positivo o paciente é notificado. Uma amostra do sangue dele será encaminhado para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em Salvador e em uma semana ele receberá o resultado” afirma Thaís Peixoto, completando que “a seguridade do teste rápido é de 99,9%. Em casos iniciais o tratamento é na policlínica, já os mais graves são transferidos para os hospitais”.
É possível identificar o período de contágio
Segundo o bioquímico, Antônio Mário, o resultado é obtido em 15 minutos. Ele ainda ressalta que o teste identifica também o período de contágio. “O teste possui duas fitas, a G indica que o paciente está infectado há meses, já a M indica que o contágio foi recente”, explica.
Os testes serão realizados nos pacientes com sintomas compatíveis a doença. “Se o paciente possuir os sintomas de febre imune a remédios e persistente por mais de sete dias, sangramento e barriga d’água, o indicado é realizar o teste”, informa Thaís Peixoto, ressaltando que as crianças apresentam os sintomas mais rápido do que os adultos”.

Leishmaniose mata jovem em Tupã - SP


Jovem de 24 anos o primeiro caso de óbito de leishmaniose visceral em Tupã

Tupãense faleceu na manhã desta sexta-feira (16)


Na manhã desta sexta-feira (16), foi confirmada a morte do tupãense Luiz Ricardo de Souza, de 24 anos, por Leishmaniose Viceral Humana.

A Secretaria Municipal da Saúde de Tupã encaminhou uma nota, informando que o tupãense foi o primeiro caso de óbito relacionado a doença.

Nota

"A Secretaria Municipal da Saúde vem por meio desta nota informar o primeiro caso de óbito relacionado à leishmaniose visceral no ano de 2018. O paciente foi inicialmente encaminhado para diagnóstico, que foi realizado de maneira adequada na rede de atenção básica de saúde e a confirmação da doença se deu através do exame de mielograma, realizado em Marília.

Desde o surgimento dos sintomas, o paciente foi internado na Santa Casa de Tupã, onde recebeu tratamento adequado da equipe médica do hospital, que seguiu rigorosamente protocolo do Ministério da Saúde

Vale ressaltar que as condições do paciente foram agravadas em função das comorbidades pré-existentes, que associadas à doença, impossibilitaram quadro evolutivo ideal para sua cura e que infelizmente resultaram em óbito.

A Secretaria Municipal da Saúde lamenta o ocorrido e reforça novamente que as diversas ações que vem realizando no sentido de evitar a propagação não só dos casos de leishmaniose, mas também de dengue e outras doenças, só terão eficácia com o apoio irrestrito da população.

Por este motivo, a Secretaria de Saúde ressalta mais uma vez a necessidade de união entre população e poder público no sentindo de prevenir a disseminação do vetor conhecido como mosquito palha e eliminação dos reservatórios para proliferação do mosquito."



Luiz Ricardo de Souza, de 24 anos, estava internado desde o início de fevereiro.


Redação TupãCity